Turma 2016

A turma Rio de encontros é composta por jovens que atuam em diferentes áreas com compromisso e interesse em questões acerca da cidade.

Aline Copelli
Formada em História, licenciatura, atualmente está envolvida em projeto social realizado pela Agência de Redes para Juventude, o Notas Viajantes, cujo objetivo é realizar um documentário musicalizado na comunidade, utilizando a metodologia de contar a história através do olhar do morador, na tentativa de desconstruir o olhar comum sobre a periferia.

Aline de Oliveira Fernandes
Nos últimos cinco anos tem prestado serviços na área de arte-educação em espaços culturais como a Caixa Cultural, Paço Imperial e Sesc. Faz produção de textos e curadoria para a fotógrafa ativista Nina Franco e é assistente de ateliê para novos artistas. Como artista e pesquisadora trabalha com a escrita e artistas mulheres, criando diálogos com seus trabalhos. Atualmente, dedica-se à Universidade das Quebradas, projeto no qual atua na coordenação pedagógica.

Bruna Rios
brunaHiperativa, Bruna descobriu na fotografia a forma de se concentrar; no teatro, a forma de se expressar; e no serviço social, a forma de capacitar. Na vida, a forma de amar. Atriz e estudante de serviço social, está voltada para o desenvolvimento social através das artes cênicas.

 


meCamille Rodrigues
Jornalista formada pela Escola Popular de Comunicação Crítica (ESPOC), guia de turismo e atriz. Participa do grupo Piratininga de Comunicação e é monitora do Rio de Encontros.

 

Carolina Veiga Souza
Sempre estudou em colégio público e fez graduação em Relações Internacionais, além de pós-graduação em Política Internacional. Participa do ativismo da Anistia Internacional e tem estudo focado no tema de Crianças-soldado.

Carinne Leal
karineEstudante de Serviço Social na UFRJ, tem 25 anos, já fez curso de extensão na própria universidade sobre Direitos Sexuais e Reprodutivos e, atualmente, faz estágio no IPUB.

 

 

 

Denise da Costa
Designer gráfica, publicitária (DRT 4324), desenhista e artista plástica. Autora de livros – Lia, a menina que lia, Chymia e Mesmo Pequeno Pense Grande (Criatividade X Criação Publicitária. Criadora da http://www.tvhare.com (emissora da plataforma exclusiva de emissora virtual), onde desenvolve projetos e roteiros contando com a parceria e divulgando mais de 400 artistas na “Grade” de programação audiovisual.

Dani Ribeiro
daniMusicista, cantora de MPB, desenvolve trabalho como cantora popular, atua com musicalização infantil, coral Infantil e como professora de canto e preparadora vocal. Carioca, mora na Baixada Fluminense. Artesã e afroempreendedora, faz shows e eventos relacionados a exposição de acessórios que reforçam e valorizam a identidade da mulher negra.

 

Gilliard Lopes
Aluno do Programa de Formação do Artista de Circo do Circo Crescer e Viver, treina acrobacia aérea e jazz e vai iniciar seus estudos em Educação Física na UERJ. Treina para ser um artista e professor competente.

Graciara da Silva
Professora de Educação Física, coordenadora do GT de Educação, Cultura, Esporte e Lazer no Conselho Comunitário de Manguinhos.

Helcimar Lopes
Micro empreendedor  na área de produção de eventos, TV e cinema. Atua com produções, mobilizações em projetos e eventos no Complexo do Alemão.

Ingrid Soares Pereira Pimentel
Estudante de Serviço Social na UERJ, faz parte do projeto Programa de Estudo de Gênero, Geração e Etnia, na própria universidade, e é estagiária no Instituto Benjamin Constant. É o seu segundo ano no Rio de Encontros.

Isabela Cristina da Conceição Silva
Maranhense, veio ao Rio, como ela diz, conhecer para desconstruir. Apaixonada por gente, por fotografia, por música de todos os jeitos, por séries e filmes, por jogos de cartas e tabuleiros, é apreciadora de comidas nordestinas e folclore. É estudante de Comunicação Social.

Jaqueline Pontes Domingos
Estudante de Letras, já foi voluntária e aluna na Universidade das Quebradas/PACC. Atualmente, leciona português/literaturas como voluntária no Curso Emancipa RJ, pré-universitário voltado para estudantes de escolas públicas.

Kamilla Santos
Moradora da periferia do Rio, é formada em Administração de Empresas pela UERJ. Ativista na Anistia Internacional, é também tutora de projetos na Agência de Redes para Juventude. Apaixonada por criação, filmes e seriados, fotografia, praia e descanso, de vez em quando arrisca editar filmes.

Leonardo de Oliveira Brito
Ex-parceiro do RJ, tenho uma visão crítica a respeito do lugar onde moro e sobre a sociedade. Atualmente, trabalho no site SRZD e desenvolvo os projetos ‘Blog do Léo’ e ‘Blog da Tijuca’, um blog comunitário.

Leonardo da Silva Rangel
Produtor artístico do cantor Márcio G, da antiga dupla Marcio e Goró. Estudante da Universidade das Quebradas, ativista em causas da descriminalização das drogas, fui produtor em Lona Cultural, concluí o curso de formação de Jovens Agentes de Cultura, na Cidade de Deus, curso que faz parte do projeto Favela Criativa.

Márcia Crespo Belizario
Moradora de Caxias e estudante de Serviço Social na UERJ, atualmente faz estágio no Programa Caminho Melhor Jovem, na favela do Jacarezinho, e realiza estágio obrigatório na Policlinica Piquet Carneiro.

Miriam Oliveira dos Santos
Nascida na Baixada Fluminense, é estudante do Serviço Social da UERJ e estagiária do Programa Caminho Melhor Jovem. Participou do curso Agente Cultural da Favela Criativa. Faz estágio obrigatório na Policlínica Piquet Carneiro.

Natalia Iorio Garcia
Formada em ciências sociais e antropóloga, é ativista, trabalha com diálogo direto na Anistia Internacional Brasil e atua como coordenadora de grupo do Bloco Apafunk, além de ser membro da Apafunk (Associação de profissionais e amigos do funk). Estou conectada a trabalhos de pesquisa sobre violência policial, UPP e memória local das favelas cariocas. No bloco, também é ritmista, toca tamborim e chocalho.

Nelson de Souza Teles
Atualmente aluno da Espocc e ativista do movimento étnico racial, é produtor executivo do Coletivo PraComu, que atua no empoderamento da comunidade negra brasileira, promovendo eventos e ações sociais e culturais.

Nyl (Felipe de Sousa)
MC, produtor cultural e comunicador popular. Atua há 9 anos na cultura Hip Hop, usando o Rap como forma de expressão artística. Após lançar singles e alguns clipes, passou a integrar o selo #NovaBlack e lançou, em 2014, o disco Original da Pista, onde conseguiu mostrar seu trabalho para diversas regiões da cidade e em outros estados, como São Paulo e Minas Gerais. Também integra o coletivo Resistência Cultural. Um dos desdobramentos do coletivo foi a realização do FOMUSIC – Fórum de Música Independente Carioca. Um encontro de músicos, produtores e representantes dos departamentos de Cultura da cidade. Atualmente estuda na ESPOCC (Escola Popular de Comunicação Crítica), e é estagiário da Agência Diálogos, projetos do Observatório de Favelas.

Pedro Felipe Cruz
Entusiasta da comunicação para transformação, é formado em pedagogia e, atualmente, atua no campo da comunicação e está concluindo a graduação em Publicidade e Propaganda, além de desenvolver projetos de inovação e impacto social em organizações. Cofundador do Tratado Millennials, projeto lançado durante o Sustainable Brands Rio 2015, que busca construir dentro de organizações e marcas uma política de participação de jovens (millennials) em processos de inovação e impacto social, também escreve para blogs e ministra palestras com os temas de comunicação para transformação, juventude transformadora e inovação e impacto social.

Renata Codagan
Arte educadora, trabalha em projetos como educadora e em consultorias. Atualmente coordena dois projetos de mediação de leitura no Tear e é técnica pedagógica da Universidade das Quebradas.

Vivi Salles
Poeta e socióloga, trampa com produção cultural e espera mudar o mundo como aos dezessete.