Parem os tiros. Os dois lados

Charles Siqueira ensina a arte de conciliar interesses no Morro dos Prazeres

2017_07_13_RIO_DE_ENCONTROS_17

Charles Siqueira: ativista atua nos Prazeres há 15 anos (Thiago Brito/ESPM)

Há no Morro dos Prazeres um painel onde se lê: ‘Parem os tiros. Os dois lados’. A obra inusitada é fruto dos esforços de Charles Siqueira. Há 15 anos atuando na comunidade, o ativista explicou como faz para conciliar os diferentes interesses da realidade da favela.

Charles tem 48 anos e viveu até os 16 em Pernambuco, sua terra-natal. “Sou o 10º filho da minha mãe, que perdeu meu pai durante a minha gravidez. Sendo o caçula e gay, conciliar interesses se tornou algo que é minha essência”, comentou ele durante o debate. Sua inquietude o levou a passar pela Bahia e por São Paulo antes de começar a trabalhar nos Prazeres em 2002. Lá, ele criou um projeto de dança para as crianças da favela.

Quinze anos depois, Charles se considera cria da comunidade de Santa Tereza, para onde se mudou há três anos. “Nos Prazeres, não sou juiz de nada. Isso me abriu um canal de diálogo na comunidade. Sou um interlocutor com credibilidade com a polícia e o tráfico sem ter envolvimento com ninguém”, relata. Além da confiança conquistada, a consciência de que sempre é preciso dialogar é outra ferramenta que o ativista usa para alcançar o sucesso em seus projetos. “Quando cheguei aos Prazeres, nenhum dos conceitos que eu tinha dava conta daquela realidade. As favelas eram ilhas separadas da sociedade, como aliás estão voltando a ser. Mas ter uma cultura própria é diferente de ser impermeável ao que vem de fora”, explica.

O formato em roda, onde todos podem falar e ouvir, foi uma das características do Rio de Encontros que chamou a atenção de Charles. “Tira um pouco essa ideia do palestrante e o espectador e coloca todo mundo em pé de igualdade”, comentou. Outro aspecto do evento destacado pelo convidado foi a participação do público. “As colocações das pessoas que estavam participando ali conosco foram muito ricas”, disse.

Confira entrevista de Charles Siqueira ao blog do Rio de Encontros:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s