Rio de Encontros faz visita guiada à exposição Meu Mundo Teu

Mostra reúne trabalhos do artista paraense Alexandre Sequeira

34560235002_ffdbcfe1d1_kCuradora Janaína Melo apresentou obras à turma (Thiago Brito/ESPM)

O Rio de Encontros começou diferente em 2017. A convite do Museu de Arte do Rio (MAR), cerca de 30 participantes do ciclo de debates fizeram no último dia 11 uma visita guiada à exposição Meu Mundo Teu. A mostra reúne oito obras desenvolvidas ao longo de 12 anos pelo fotógrafo Alexandre Sequeira e tem curadoria de Clarissa Diniz e Janaína Melo. Durante o passeio, os alunos puderam contemplar as peças e conhecer um pouco mais do trabalho do artista paraense.

Desenvolvida para a exposição no MAR, a série Constelação do Tião chama atenção. Nela, estão reunidos registros feitos entre as décadas de 1960 e 1980 por Sebastião Pires de Oliveira, fotógrafo e morador do Morro da Previdência morto em novembro de 2015. A partir das fotos de Tião e novas imagens de personagens que aparecem nos retratos, Alexandre revela ao público momentos do cotidiano da favela carioca. Através de monóculos em uma parede, é possível mergulhar em uma festa de aniversário ou em uma laje com crianças com o Pão de Açúcar ao fundo, entre outras cenas.

34560238662_e3b5a3e809_k
A obra Constelação do Tião foi desenvolvida exclusivamente para a exposição no MAR (Thiago Brito/ESPM)

Mas a exposição guarda ainda outras surpresas. Criado em 2007, o trabalho Meu Mundo Teu é uma série de imagens que sobrepoem fotos feitas na adolescência por Tayana Wanzeler, do Guamá, e Jefferson Oliveira, da Ilha do Guambu. “Esses dois bairros ficam na periferia de Belém e são separados pelo rio Guamá. Os dois jovens não se conheciam à época que a obra foi feita”, explicou Janaína, que conduziu a visita guiada. Já Cerco à memória, de 2008, é uma instalação em que som e imagem se combinam para denunciar o incêndio de cemitérios de quilombolas. A prática criminosa é comum no Pará para expulsar comunidades dos locais que ocupam.

“O trabalho do Alexandre tem como um dos seus principais pontos a questão do encontro, da troca”, comentou Janaína. Nascido em Belém em 1961, o fotógrafo é professor de Artes Visuais da Universidade Federal do Pará. Ele já apresentou resultados de seus projetos na Bélgica, Canadá e França, entre outros locais. Como todas as peças da exposição Meu Mundo Teu foram doadas ao MAR, o museu passou a ser o principal centro de referência da obra do artista.

33879794324_72a26977f1_k
Renata Codagan, da Univesidade das Quebradas, observa fotos (Thiago Brito/ESPM)

A mostra no primeiro andar do pavilhão de exposições do MAR começou em 29 de novembro e vai até 16 de julho. O museu funciona de terça a domingo, entre 10h e 17h e o valor do ingresso é R$ 32. Alunos e professores da rede pública, crianças com até cinco anos e maiores de 60 anos têm direito à gratuidade. A entrada é franca às terças e no último domingo do mês.

Meu Mundo Teu, de Alexandre Sequeira

De 29 de novembro de 2016 a 16 de julho de 2017
De 3ª a domingo, de 10h às 17h
Entrada: R$ 32
MAR – Praça Mauá, 05 (1º andar do pavilhão de exposições)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s