É preciso ser sustentável

Centro de inovação, o Instituto Gênesis, da PUC Rio, é um lugar de encontros que reúne governo, academia, iniciativa privada e projetos fablab. Em defesa empolgada do próprio trabalho, a gerente do programa de cultura empreendedora, Julia Zardo, fez, no Rio de Encontros, uma fala inspiradora sobre as possibilidades que se abrem a partir da unidade complementar que administra e desenvolve todas as ações de empreendedorismo na universidade desde 1997, quando foi criada.

“A informação que a gente gera (na instituição) é para todo mundo. E o conhecimento também é gerado na sociedade, não apenas na academia. A proposta de qualquer  incubadora é fazer com que esses conhecimentos se encontrem e as ideias geradas no ambiente universitário encontrem utilidade efetiva na sociedade”, ressalta Julia.

Os números dão conta do alcance: quase 1,2 mil alunos já foram impactados pela cultura empreendedora. Em 19 anos, o Gênesis ostenta a geração de mais de 2,6 mil postos de trabalho, um crescimento médio anual de 20% das empresas, e cerca de R$ 680 milhões de faturamento total.

29608804296_20e38f3ca5_k.jpg

Julia Zardo / Foto: Roberta Voigt

“Nossa crença é o empreendedorismo e inovação. As incubadoras funcionam para transferir conhecimento da universidade para a sociedade, fazer a viabilidade técnica e econômica de um empreendimento. Empreender são duas viagens, uma da ideia, e a outra do papel, que aceita tudo que você quiser lá”, explica Julia, que acompanhou, em 2001, o lançamento de uma incubadora cultural e, em 2005, os negócios sociais de meio ambiente. Áreas transversais mas igualmente importantes.

Tido como uma das mais completas incubadoras do país, o Gênesis anuncia um índice de sucesso de 90% entre os projetos que promove. O trabalho acompanha desde o processo inicial de criação e desenvolvimento do espírito empreendedor, até a implantação de fato dos empreendimentos. Quanto mais impacto social, melhor.

“O empreendedorismo é uma ferramenta de empoderamento, desde que você se entenda na lógica da sustentabilidade. É preciso estar saudável, inclusive financeiramente. A nossa plataforma política é fazer com que o empreendedor que formamos entenda como o trabalho que ele realmente gosta pode ser sustentável. Tem de ser sustentável, mas não necessariamente lucrativo, essa é a premissa do Gênesis”, explica Julia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s