Afetos e conflitos na internet: Rio de Encontros em frases e fotos

FOTOS_POR_AUDIOVISUAL_ESPM.JPG

Cora Rónai, Silvia Ramos e Mônica Machado / Foto por Audiovisual ESPM

Espaço genuíno de expressão, a internet é, ao mesmo tempo, espaço propício à expressão e desabrochar dos afetos, e também de fomentadora de disputas e intrigas. Esse foi o mote da quarta edição do Rio de Encontros, realizada no último dia 21 de julho. O evento contou com a participação de Cora Rónai, jornalista e fotógrafa, e de Mônica Machado, professora da Eco/UFRJ. A mediação ficou sob a responsabilidade da socióloga Silvia Ramos.

Para ver as fotos do encontro, CLIQUE AQUI

Confira, abaixo, algumas das falas mais marcantes do debate:

“A internet permite que se estabeleça co-presença afetiva sem estarmos geograficamente presentes”
Mônica Machado

“A minha vivência não tem limitação geográfica. Só me limito pelas fronteiras da lingua. Às vezes, nem isso. A internet passou a te dar amigos de acordo com os seus interesses”
Cora Rónai

“Um pai enlutado quer falar sobre o filho que se foi. Somente é possível a troca com quem passou por essa experiência. A internet possibilita isso”
Betty Wainstock

“Internet é espaço de alteridade, dos discursos autorais, espaço de intersecção de vozes”
Mônica Machado

“O erro é achar que as amizades virtuais são menos amizades porque são virtuais”
Cora Rónai

“Internet dá falsa ideia de formação ou militância política. Para coisa rápida, funciona, mas não aprofunda”
Renata Kodagan

FOTOS_POR_AUDIOVISUAL_ESPM_20.JPG

Leonardo Oliveira / Foto por Audiovisual ESPM

“Na relação entre política e redes sociais, cada um dos lados tende a ondas de extremismo”
Leonardo Oliveira

“O que se imaginava que podia ser ferramenta de democracia acabou virando espaço dos clichês” – Silvia Ramos

“As pessoas não se aprofundam, ponto. A internet apenas coloca isso em evidência” – Cora Rónai

“Quando se fala em tecnologia e comunicação, predominam as figuras masculinas. Onde está a representatividade feminina?”
Nyl MC

“Como fazer para que fiquemos mais independentes do Facebook e de suas mudanças de algorítimos?”
Luiz Gustavo

“Falta de censura é o que eu louvo na internet: hoje, entendo melhor a causa das mulheres, dos gays, da maconha. Mas as mentiras circulam livremente, qual o limite das redes sociais?”
Leonardo Oliveira

“Os pais nao se dão conta do que as crianças estão fazendo na internet?” –
Aline Copelli

“A dimensão da relevância de uma postagem ainda não está internalizada na cultura de um jovem em formação” – Mônica Machado

“Os imbecis perderam a modéstia. A imbecilidade é ancestral, não precisou da internet para progredir”
Cora Rónai

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s