Uma questão de escala

Paulo Gusmão apresentou resultados de estudo sobre vulnerabilidade no Rio (Foto: Kita Pedroza)

Paulo é, junto com Sergio Besserman, porta-voz do estudo “Vulnerabilidade das megacidades brasileiras às mudanças climáticas: Região Metropolitana do Rio de Janeiro”. Coordenado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espacial (Inpe) e pelo Núcleo de Estudos de População (Nepo), da Unicamp, com o apoio da Embaixada Britânica no Brasil, o trabalho foi lançado em abril. O geógrafo optou por falar de alguns dos pontos abordados ali (leia mais sobre a atuação de Paulo aqui).

O primeiro ponto que complexifica a discussão é a escala de análise, baseada no limite arbitrário que separa as cidades. “A margem da direita de um rio é de um prefeito, e a da esquerda, de outro. Isso é um desafio, porque é preciso pensar as mudanças climáticas numa escala regional. A cooperação entre municípios é muito difícil, o raciocínio é: meu vizinho é meu maior inimigo, porque ele pode conseguir atrair uma empresa melhor”.

Sobre o caso do Rio de Janeiro, Gusmão tratou dos investimentos de grande porte que têm sido feitos ou negociados na região metropolitana: o complexo petroquímico de Itaboraí, a ampliação da Reduc em Duque de Caxias e polo siderúrgico na área de Sepetiba. “Por coincidência são as três baixadas que conformam nesta região. Se somarmos isso à Baixada de Jacarepaguá, estamos consolidando essas áreas, e o horizonte do aumento de nível do mar faz com que se tenha que trabalhar com precaução de risco”. E lembrou que, enquanto somos rigorosos com o sistema de gestão ambiental de uma Reduc, não temos a mesma preocupação em relação à cidade. “Vivemos de socorrer. Passado o verão, o período mais frequente, desmobilizamos isso. Mas risco é rotina.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s