Estética de game

O poster que explica a metodologia da Agência (Foto: Clayton Leite)

Havia 300 vagas para a Agência, mas apareceram 858 interessados em participar. A saída foi fazer uma seleção por entrevista, em que o critério era a motivação pessoal. Durante as conversas, surgiu a percepção de alguns dos muitos dos desafios que devem ser encarados nessas comunidades nos próximos anos. Maria Antonia Goulart, que conduziu o processo, identificou que 60% dos alunos têm internet em casa, mas há disparidades: “Tem muita menina que parou de estudar porque engravidou. As políticas públicas vão ter que abrir espaço para essas questões, pensar os problemas em conjunto”.

O número de “excluídos” do projeto e o número reduzido de comunidades contempladas gerou alguma inquietação, como se pôde observar nas falas da plateia. Willian da Rocinha, por exemplo, lamentou que o projeto não chegue a comunidades não-pacificadas, onde “criança cuida de criança”. Barnabé, da Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu, foi além: “É preciso pensar nos 600 que não foram contemplados e naqueles que nem se inscreveram. Mas o que mais me preocupa é como fazer os jovens que não vão ter os projetos financiados não desistirem de realizá-los. Senão é estética BBB, viver aquilo mas querer o milhão”, disse, referindo-se ao programa Big Brother Brasil.

Na resposta, Faustini falou não ter medo da tal “estética BBB”, pois acredita que a estrutura de game vai motivar os participantes. “Não vamos conseguir dar conta de todos os jovens da cidade. Mas a idéia é experimentar essa metodologia para aumentar essa rede, para que vire, quem sabe, política pública”, afirmou ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s