Os jornais e a classe média

Flavia Oliveira: redações de classe média (Foto: Alex Forman)

“O JB não tinha esquema de assinatura para além do Méier.” “Se a Rocinha fosse em Rocha Miranda o jornal não ia se importar com o que acontece lá.” Frases como estas pipocaram durante o debate, levantando uma questão incômoda para jornalistas e leitores: como fazer para que as publicações não reproduzam as limitações da visão da classe média?

Flavia Oliveira, titular da coluna Negócios & Cia. do Jornal O Globo, pediu a palavra da plateia para comentar: “As redações são formadas pela classe média, falando para classe média. Vemos recém-formados bem preparados, que dominam novas tecnologias, falam línguas, mas não sabem onde é a Saara. Quem chega assim na redação reproduz esse estranhamento. Por outro lado, as equipes circulam cada vez menos. A cobertura ficou muito distanciada da realidade.”

Fernando Molica foi além, ao dizer que os jornais acabam reproduzindo a visão dos leitores que “enxergam os pobres como problemas”. Um exemplo da distorção, para ele, foi o caso da morte do filho da Cissa Guimarães. “Uma coisa que me irritou foi ver as pessoas indignadas com a corrupção da PM mas muito tolerantes com o pai que propôs a grana e tentou destruir provas. Os jornais acabam absolvendo um corruptor ativo porque há uma identificação de classe, a classe média”.

Os exemplos são muitos e a pergunta, uma só: como ter diversidade nas coberturas? Gustavo de Almeida chamou atenção para a blogosfera policial, que merece atenção dos jornalistas. A integração com o jornalismo cidadão também pode ser uma saída, na visão de Marcelo Moreira. Vendo a quantidade de jornais comunitários citados no encontro, ele afirmou que vai pensar em um projeto para aproveitar essa mobilização de alguma forma no RJTV. Vamos torcer para que este seja mais um fruto deste Rio de Encontros!

Anúncios

2 respostas em “Os jornais e a classe média

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s